Entrar



Archive for dezembro, 2011

Ex-piloto de Fórmula 1 é condenado por morte em acidente de barco

dezembro 14th, 2011 by

J.J. Lehto foi considerado culpado em morte de amigo

J.J. Lehto, ex-piloto de F-1 (Foto: Getty Images)

Ex-piloto de Fórmula 1 na década de 1990, Jyrki Järvi Lehto, conhecido na categoria como J.J. Lehto, foi condenado a dois anos e quatro meses de prisão na Finlândia por causa de um acidente de barco em junho de 2010. Na ocasião, ele estava com um amigo, que morreu com a batida. O finlandês foi acusado de negligência, riscos à segurança e direção perigosa na ocasião.

A investigação do acidente descobriu que Lehto estava no comando do barco a uma velocidade de 79 km/h. O limite no local, o canal Jomalvik na cidade de Tammisaari, era de 5 km/h. Além disso, o ex-piloto estava bêbado. Ele assumiu a culpa perante ao tribunal e já está preso, sem direito a recurso. Lehto admitiu também que não lembra de nada do acidente de barco.

Lehto escapou de uma pena ainda maior, já que a promotoria pediu cinco anos de prisão para o piloto. O barco se chocou com um suporte de uma ponte. Na ocasião ex-piloto, então, teria nadado até a costa para procurar ajuda. O finlandês de 44 anos esteve na Fórmula entre 1989 e 1994. Nestes cinco anos, ele dirigiu carros da Onyx, Scuderia Italia, Sauber and Benetton. Em 2001, voltou a se envolver no mundo da categoria ao comentar os GPs para uma TV finlandesa.

Por GLOBOESPORTE.COM
Helsinque

Florianópolis, 13 de dezembro

dezembro 13th, 2011 by

Temporal deixou a tarde com cara de noite…. As 14:00hs.

.

.

.

.

Fotos: Ararê

Operação Veraneio começa nesta terça-feira em SC

dezembro 12th, 2011 by
Foto: Marcos Porto

A Operação Veraneio 2011-2012 do governo do Estado, que visa a garantir a segurança de veranistas e turistas nas cidades mais visitadas da temporada, começa nesta terça-feira. A cerimônia de lançamento será na Via Expressa Sul, em Florianópolis, a partir das 10h.

Este ano serão mobilizados mais de 8 mil profissionais da Segurança Pública, entre policiais militares, policiais civis, bombeiros militares e guarda-vidas civis. Entre as novidades, a Polícia Militar usará um novo sistema de consulta online de veículos. Foram adquiridos sete veículos de uso individual movidos por energia elétrica, 10 vans equipadas para servirem como bases móveis de turismo com segurança, 20 motos e quadriciclos para policiamento noturno nas areias das praias mais procuradas.

ESTRUTURA E ESTRATÉGIAS
Polícia Militar
– Onde vai atuar: 26 balneários, 16 estâncias hidrominerais. Terá central de atendimento em Dionísio Cerqueira, fronteira com a Argentina.
– Efetivo e estrutura: a corporação terá reforço de efetivo e usará cerca de 1,1 mil viaturas, 250 motos, dois helicópteros e uma aeronave de asa fixa, além de 50 embarcações.
– Como vai agir: montando barreiras nos acessos aos principais balneários e controlando casos de perturbação de sossego e ordem pública.
Polícia Civil
– Onde vai atuar: em 35 cidades do Litoral e seis do interior, locais de áreas de águas termais e parques.
– Como vai agir: delegacias móveis atuarão em forma de rodízio, nos principais eventos turísticos e nas praias de grande movimento. Ainda há dúvidas sobre a sua atuação, pois dos 1.090 policiais necessários, pouco mais de 20 haviam aderido.
Corpo de Bombeiros
– Onde vai atuar: 33 cidades, entre guarda-vidas civis e militares em 136 praias e balneários.
– Estrutura: 165 postos autônomos de salvamento e 11 cadeirões, 34 viaturas, 14 embarcações tipo bote inflável com motos, 24 jet ski, 11 quadriciclos e um helicóptero, a aeronave Arcanjo.
– Efetivo: serão contratados 1,2 mil guarda-vidas civis, que atuarão sob comando de 250 salva-vidas militares.

Por Jornal de Santa Catarina

Por clicRBS Itajaí

Segurança no mar

dezembro 9th, 2011 by

Aconteceu na noite de quinta-feira (08/12) na Marina Pier 33, uma palestra com os Comandantes Mello e Lisboa (Chefe do Departamento de Segurança do Trafego Aquaviário da Capitania dos Portos e Capitão dos Portos, respectivamente).

O assunto foi a segurança na navegação e a operação de verão, muito mais rigorosa que nos anos anteriores.

A fiscalização será mais rígida com: Documentação da embarcação e condutor, equipamentos de salvatagem, velocidade de navegação em locais de navegação restrita, aproximação das praias e condução de embarcação sob efeito de bebida alcoólica.

O Prefeito de Biguaçu, que estava presente, prometeu para breve a dragagem da foz do Rio Biguaçu, o que favorecerá a navegação e evitará os alagamentos que vem ocorrendo na cidade durante as chuvas mais intensas.

.

Pela preservação dos oceanos..

dezembro 9th, 2011 by

Algumas das melhores surfistas brasileiras toparam participar de um ensaio inédito para o calendário da revista Hardcore, em apoio à organização SeaShepherd, que luta pela preservação dos oceanos em todo o mundo. As meninas foram clicadas em praias desertas do litoral carioca e paulista, pela fotógrafa Manoela D`Almeida.

Barbara Muller, de back side

.

Michelle Des Bouillons, totalmente no Rip

.

Claudia Gonçalves, de front side

.

Camila Callado. Essa tá show

.

Aloha, Susa Leal

.

Fonte: Globo.com

Sobe para 151 número de animais encontrados mortos em Santa Catarina nos últimos 35 dias

dezembro 8th, 2011 by

Registro preocupa pesquisadores, que pedem fiscalização para pesca com rede

Entre os animais encontrados mortos estão espécies de golfinhos
Foto:Jules Soto / Divulgação

Em 35 dias, o número de animais marinhos mortos subiu de 130 para 151 entre São Francisco do Sul e Governador Celso Ramos. Por isso, o monitoramento do Litoral Norte de Santa Catarina continua sendo feito por pesquisadores da Univali. As espécies que apareceram mortas foram as de tartaruga-verde, golfinho-cinza, golfinho-pintado, toninha, baleia-jubarte e baleia-minke-antártica.

As causas, segundo o pesquisador Jules Soto, que trabalha no Museu Oceanográfico de Balneário Piçarras, é o emalhamento. Os animais caem nas redes de emalhe usadas em pesca e morrem. Já os encalhes representam apenas 7% das mortes no período.

O levantamento, que é feito há 18 anos pela equipe, reforça, segundo Soto, a importância de um ordenamento para a pesca de emalhe e alerta sobre a falta de fiscalização no litoral. Segundo ele, o que pode ser feito a partir de agora é regulamentar e fiscalizar a pesca feita em plataforma rasa, seja artesanal ou industrial. Soto diz que há urgência porque as espécies encontradas são protegidas por lei e algumas têm alto grau de ameaça.

Fonte: A NOTÍCIA

Mar quente e água limpa colaboram para o aparecimento de águas-vivas nas praias catarinenses

dezembro 5th, 2011 by

A chegada de águas mais quentes na costa de Santa Catarina nos últimos dia colaboraram para o aparecimento de espécies de Cnidários em várias praias do estado. Esses organismos são conhecidos por medusa ou água-viva e causam queimaduras em banhistas.

A presença deste ou de outros tipos de águas-vivas está ligada a fatores inerentes às espécies e às condições meteorológicas e oceanográficas regionais. Além disso, é no verão que ocorre a reprodução desses organismos contribuindo para aglomeração e seu aparecimento no litoral.


Em caso de ataque, a primeira providência para aliviar a ardência causada pelas queimaduras é lavar com a própria água do mar, soro fisiológico, ou vinagre (ou uma solução aquosa de ácido acético de 3 a 10%). Em casos mais graves deve-se procurar atendimento médico. Esses organismos podem causar, além das queimaduras, náusea, vômitos, tonturas e desmaios.

Não se recomenda lavar com água doce porque o animal reage liberando mais toxinas. A água doce para as águas-vivas é um meio hostil, o que provoca uma reação de defesa do organismo que é a liberação das toxinas. Outras medidas não aconselháveis são esfregar o local afetado, uso de álcool, amônia ou urina.

As maiores vítimas são as crianças que, quando avistam as águas-vivas tocam o organismo por curiosidade ou tentando retirá-lo do contato com o corpo. Em ambos os casos, as águas-vivas reagem liberando as toxinas que causam as queimaduras.

Outro fator que potencializa os acidentes com esses organismos é sua composição corporal, que tem entre 95 a 99% de água, o que faz com que sejam praticamente idênticos à água. Essa propriedade garante uma camuflagem perfeita, tornando difícil sua visualização no mar.


Fonte: Argeu Vanz – Oceanólogo

EPAGRI

Em janeiro desse ano, 9.500 pessoas foram “queimadas” por águas-vivas em Florianópolis. Veja aqui:

Para curtir no final de semana: Miss Tahiti

dezembro 2nd, 2011 by

Miss Tahiti shot@ 1,000 FPS www.chrisbryanfilms.com from Chris Bryan on Vimeo.

Hoje é sexta-feira!!!

dezembro 2nd, 2011 by

Aproveite a melhor vista das praias…