Entrar



Archive for outubro, 2012

Hoje é sexta-feira!

outubro 12th, 2012 by

Bom final de semana!

.

.

.

Alerta de ressaca

outubro 12th, 2012 by

A Defesa Civil de Santa Catarina mantém o alerta de ressaca no litoral, desaconselhando a navegação de pequenas e médias embarcações.

.

Estado de ALERTA para perigo à navegação e entre tarde de quinta e sexta-feira para condição de ressaca: uma pista de vento SE/E em direção ao Litoral de SC e ondas altas de 2.0 a 3.0m próximo à costa com picos de 4.0m em áreas mais afastadas, favorece a condição de ressaca, devido à combinação da maré meteorológica e a maré astronômica com a mudança da lua para fase nova na sexta (12/10).

Nesse dia o período médio chega a 10 segundos. No fim de semana, a ondulação diminui para 1.5 a 2.5m, mas ainda exige atenção.

Recomendações da Defesa Civil:

Alerta para o Mar: Condições desfavoráveis para as atividades de pesca e navegação de pequenas e médias embarcações. Em caso de ressaca deve-se proteger apetrechos de pesca e edificações e infraestrutura em áreas de risco podem sofrer danos.

Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou para o Corpo de Bombeiros, no número 193. A Defesa Civil do Estado conta com atendimento de 24 horas, com equipes de prontidão. O telefone para contato é o (48) 3244-0600 ou 4009-981

.

Que situação!!

outubro 9th, 2012 by

E agora??

.

.

A mais pura verdade

outubro 8th, 2012 by

Lancha de 40 pés naufraga em Florianópolis

outubro 8th, 2012 by

Luíza Fregapani e Naim Campos Do G1 SC

Iate de R$ 5 milhões naufraga em praia do Sul de Florianópolis

Segundo Bombeiros, todos os que estavam no barco foram resgatados.
Eram nove pessoas de duas famílias diferentes, inclusive crianças.

Foto ilustrativa – azimutyachts.com

.

Um iate de 40 pés naufragou no final da tarde deste domingo (7), no Sul da Ilha de Santa Catarina.

De acordo com o Grupo de Busca e Salvamento (GBS) dos Bombeiros Militares, duas famílias estavam na embarcação, e as nove pessoas foram resgatadas por volta das 19h.

O iate estava avaliado em R$5 milhões. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a provável causa do naufrágio foi uma colisão com uma rocha.

Fonte: G1

Balé Aquático

outubro 8th, 2012 by

.

.

.

Um esguicho de vapor na imensidão azul dá o sinal: as baleias estão por ali, o barco diminui a velocidade, acerta o rumo e reduz o barulho dos motores, o clima é de absoluta euforia, máquinas a postos, olhos atentos e corações em ritmo acelerado, parecem crianças diante do fascínio daquelas gigantes que se exibem sem timidez em seus saltos e acrobacias.  Assistir a esse espetáculo é mais fácil do que pode parecer,  muitas baleias francas invadem as águas mornas da região para reprodução, entre os meses de junho e novembro.

Para ser testemunha desse inacreditável balé sobre as águas não é preciso muito esforço, basta contatar a AGTA-Associação de Guias da APA que organiza passeios embarcados e por terra com muita aventura e emoção.

O pico da temporada  ocorre de 15 de setembro a 15 de outubro, época em que os filhotes já estão mais crescidos e em atividades de preparação para a grande viagem de retorno a área de alimentação a Antártida.

Todas as informações sobre nossos passeios podem ser obtidos em nosso site:

http://juliocesarcetaceo.blogspot.com


O horário das saídas é as 8h30 e 14:00h de todos os dias, de acordo com as condições marítimas, isto é, velocidade de ventos e tamanhos de ondas.
As condições climáticas (sol ou chuva) não influenciam as saídas, pois o passeio não é de lazer e sim de conscientização e educação ambiental.

Julio Cesar Vicente / Fone:(48) 9948-2224
Reservas: roteiro.sul@hotmail.com

.

.

Se beber, não pilote..

outubro 7th, 2012 by

Condução de veículo aquático sem habilitação ou sob efeito de álcool pode virar crime

Rodrigo Baptista

A condução de lancha, barco ou outro veículo aquático sem habilitação ou sob efeito de álcool poderá ser enquadrada como crime no Código Penal e ter a pena de prisão aumentada. É o que estabelecem dois projetos em tramitação no Senado encaminhados para exame da Comissão Temporária de Reforma do Código Penal. O relator da proposta de novo código (PLS 236/2012) é o senador Pedro Taques (PDT-MT).

Atualmente, a falta de habilitação para conduzir embarcações em águas públicas e a direção perigosa desse tipo de veículo são consideradas contravenções penais, crime de menor potencial ofensivo.

Tanto o PLS 148/2012, da senadora Ana Rita (PT-ES), quanto o PLS 122/2012, do senador Vicentinho Alves (PR-TO), enquadram essas condutas no artigo 132 do Código Penal, que trata do crime de “exposição a perigo para a vida ou saúde de outrem”. A pena atual nesses casos varia de três meses a um ano de prisão, se o fato não constitui crime mais grave.

Vicentinho propõe que a pena seja aumentada de um terço a metade, enquanto Ana Rita sugere pena ainda mais dura: de um a dois anos de prisão. Para os parlamentares, a mudança no Código Penal vai ajudar a evitar acidentes em praias, lagos e rios do país.

“Esperamos que, com essa iniciativa, deixem de ocorrer episódios em que pessoas brincam irresponsavelmente  com  jet  skis e  outras  embarcações  náuticas  a  motor, expondo a perigo inclusive a vida de seus próprios familiares”, afirma a senadora capixaba.

O parlamentar tocantinense registra que frequentemente têm ocorrido acidentes com embarcações, causados por pessoas que não possuem habilitação ou dirigem alcoolizadas.

“O aumento do número de acidentes com  embarcações, especialmente as motoaquáticas, têm se multiplicado  no  Brasil,  e  geralmente  deixando  vítimas.  Isso  exige  do Parlamento um aperfeiçoamento legislativo, dada a falta de força intimidativa da legislação em vigor”, afirma Vicentinho.

Agência Senado

(Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Vi no Popa.com.br

.

.

Hoje é sexta-feira!

outubro 5th, 2012 by

Dia nublado e cinza aqui em Florianópolis….

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Tenham um ótimo final de semana!

Pulando na água com muito estilo

outubro 4th, 2012 by

Quando saltar vira uma arte…

Vi no Sedentário.

SC recebe mapeamento marinho feito por EBX

outubro 3rd, 2012 by

Levantamento é apontado como o passo inicial para ingresso de Florianópolis na rota dos cruzeiros

Expectativa é de que o estudo permita que empresas façam escalas-teste ainda na temporada deste ano

Foto: Charles Guerra / Agencia RBS
.

Santa Catarina perdeu para o Rio de Janeiro o estaleiro da empresa OSX, de Eike Batista, mas pelo menos ficou com o estudo que baseou o projeto. No dia 19 de setembro, o empresário doou para a Secretaria de Portos da Presidência da República o mapeamento marinho da Baía de Canasvieiras de Florianópolis. Esse estudo será dispobillizado para a Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (Acif) e para Marinha, o que deverá acelerar o início do turismo de cruzeiros na Capital.

Um levantamento como esse custaria até R$ 150 mil para o município, segundo Ernesto São Thiago, diretor de Turismo da Acif e consultor de projetos náuticos. Ernesto acrescenta que o mapeamento é o passo inicial do turismo de cruzeiros em Florianópolis, que, até agora, não conta com nenhum píer, nem para escala nem para embarque de navios.

O diretor explica que as companhias de cruzeiro vão, agora, analisar o estudo e decidir, em seguida, se podem começar a fazer escalas-teste ainda nesta temporada em Florianópolis. As escalas oficiais podem começar na temporada seguinte à dos testes.

De acordo com Ernesto, fazer um píer para as escalas, com os tênderes, aquelas embarcações que transportam os turistas até a costa, é bem mais simples e barato do que para atracação de cruzeiros. O de Portobelo, por exemplo, construído com recursos do município e do governo federal, custou R$ 1,5 milhão. No entanto, o ideal para Florianópolis, segundo o diretor da Acif, é ter um cais equipado para o ponto inicial e final dos navios. E o custo para isso partiria de R$ 150 milhões.

— Florianópolis é o segundo destino mais solicitado para escalas de cruzeiros no Brasil, uma enorme demanda reprimida, portanto. Não é apenas um píer que se precisa implantar aqui, mas o que eu chamaria de Porto Turístico Internacional de Santa Catarina, um home port. Centenas de milhares de turistas nacionais e estrangeiros partiriam de Florianópolis para seus cruzeiros e aqui chegariam ao final deles, dinamizando a economia de toda a região, a começar pela hotelaria — analisa.

Terreno de Eike sem definição de investimentos

Depois de ter desistido de instalar um estaleiro da empresa OSX em Biguaçu, o braço imobiliário do Grupo EBX, a empresa REX, de Eike Batista, propôs investir em um terreno de sua propriedade, no mesmo município. A área de 2,7 milhões de metros quadrados abrigaria um complexo logístico, com armazéns, escritórios, área de aduana, hotel, shopping de outlet e opções de lazer. No entanto, mais de um ano depois da última reunião com o prefeito de Biguaçu, José Castelo Deschamps, nada aconteceu.

A assessoria de imprensa da REX informou que a empresa continua estudando a viabilidade do projeto para o terreno que possui em Biguaçu. Já o secretário de Planejamento e Gestão de Biguaçu, Felipe Azmuz, diz que, após as eleições, a prefeitura irá retomar o contato com a empresa de Eike Batista para os investimentos no município.

O diretor de Turismo da Acif Ernesto São Thiago se aproximou de Eike Batista através do Twitter. O empresário bilionário criou o grupo G10, dos twitteiros com quem mais se comunicava no microblog. Um dos escolhidos foi Ernesto. Em 2010, o diretor da Acif participou de uma reunião fechada na sede da EBX, no Rio de Janeiro, que durou quatro horas. Desde lá, os dois trocam emails e twittes sobre vários assuntos, desde pessoais até negócios em Santa Catarina.

DIÁRIO CATARINENSE

Janaina Cavalli