Entrar



Florianópolis descarta transporte marítimo, diz prefeito

sábado, novembro 27th, 2010 by

Dário Berger acredita que sistema é inviável financeiramente

O prefeito Dário Berger sepultou, sexta-feira, as esperanças de quem sonhava com a implantação do transporte marítimo na Capital. Segundo ele, a falta de retorno financeiro para as empresas que, por ventura, administrassem o serviço, inviabiliza o projeto em Florianópolis.

— Eu, como prefeito, sou obrigado a dizer que ele (o transporte marítimo) não liga nada a lugar nenhum. Ele não se integra ao sistema rodoviário — explicou Dário, em entrevista ao Jornal do Almoço, da RBS TV.

A ideia de ter transporte pelo mar na Capital é antiga — existem estudo há mais de 20 anos —, como mostrou reportagem da Hora na última quarta-feira. Agora, pelo jeito, ela naufragou de vez.

Palhoça segue com projeto

Enquanto Florianópolis praticamente dá adeus ao transporte marítimo, em Palhoça a ideia segue viva.
Na sexta-feira, representantes da prefeitura se reuniram com a direção do Departamento Estadual de Terminais Rodoviários (Deter). O conteúdo da conversa, porém, não foi revelado. A prefeitura promete escolher uma empresa para executar o projeto na próxima semana.

Empresas não teriam retorno financeiro, segundo a prefeitura – Flávio Neves

Fonte: ClicRBS

Parece que o mundo inteiro está errado então. Em qualquer cidade que tenha água a seu redor ou passando no seu interior, existe transporte marítimo, ou pluvial. É incrível a falta de visão desse senhor.

Se ele diz que o transporte marítimo não se integra ao sistema rodoviário, que faça se integrar! Essa é a função dele como prefeito!

Mas essas são as palavras de quem quer construir um metrô de superfície passando pela avenida Beira-Mar Norte e pela ponte Hercílio Luz…

O bom mesmo são as estradas lotadas e cheias de ônibus (essas dão bastante lucro – pra quem mesmo?).

Florianópolis acaba de se tornar a única cidade/ilha do mundo onde o transporte pelo mar não é recomendado pelo prefeito…

Comments are closed.