Entrar



Shell admite dificuldade para conter vazamento de petróleo

quarta-feira, agosto 17th, 2011 by

Desde quarta passada, 218 toneladas de óleo já contaminaram o Mar do Norte

Vazamento de petróleo começa a ficar visível no Mar do Norte (Paul Warrener/EFE)

A Shell admitiu nesta quarta-feira que o vazamento de petróleo em uma plataforma do Mar do Norte, que começou na semana passada, pode ficar ainda maior devido às dificuldades que as equipes estão tendo para contê-lo. A companhia continua tentando deter o vazamento que desde quarta-feira passada já derramou 218 toneladas de petróleo no mar, a 180 quilômetros da cidade escocesa de Aberdeen.


O vazamento, que se estende por uma área de 41 quilômetros quadrados, é o maior da última década na região. A Shell havia afirmado na terça-feira que o vazamento não chegaria à costa, mas o diretor técnico da companhia, Glen Cayley, reconheceu nesta quarta-feira que há toneladas de petróleo no interior do duto.

Além disso, admitiu que está muito difícil deter o vazamento, porque o duto fica em uma área de difícil acesso e rodeada de vegetação marinha. “Até que se tenha eliminado totalmente o vazamento e a brecha seja fechada, existem riscos”, acrescentou o diretor da companhia anglo-holandesa.

Contexto – O óleo da plataforma Gannet Alpha está escapando para o mar desde quarta-feira, apesar de a Shell só ter divulgado o incidente na sexta – atitude criticada por organizações ambientais. A empresa afirmou que o vazamento foi fechado, no mesmo dia, mas admitiu que se trata de um fato significativo.

“O Mar do Norte deveria ser ultrasseguro por causa de sua localização. A Shell está lançando na Região Ártica um vazamento que será impossível de limpar”, disse Ben Ayliffe, membro do Greenpeace responsável pelas causas ligadas ao petróleo.

(Com agência EFE)

Veja.com

Comments are closed.