Entrar



Corais inspiram o protetor solar em forma de comprimido

quarta-feira, agosto 31st, 2011 by

Pesquisadores esperam recriar em laboratório as defesas naturais dos recifes de coral contra os danos dos raios ultravioletas do sol

Da observação do funcionamento de recifes da Grande Barreira de Coral, na Austrália, uma equipe britânica do King’s College of London espera desenvolver um novo protetor solar. A formulação, que terá como base os mecanismos de proteção solar do coral, poderá estar disponível também como uma pílula. Segundo os pesquisadores, a proteção seria eficiente e mais duradoura contra até mesmo os agressivos raios ultravioletas de regiões tropicais.

Os corais vivem em uma parceria simbiótica com algumas algas (seres autotróficos). A troca funciona de maneira simples: enquanto a alga, pela fotossíntese, provê energia para o coral, o coral libera resíduos que são usados pela alga para fazer a fotossíntese. Como a luz é fundamental no processo, os corais costumam viver em águas rasas e mais expostos ao sol. Isso significa que são, também, mais vulneráveis a queimaduras solares.

Para entender como esse processo de proteção solar é feito, os pesquisadores desvendaram os mecanismos genéticos e bioquímicos pelos quais esses “protetores solares” são produzidos. “Descobrimos que as algas produzem um composto que, acreditamos, é transportado para o coral. O coral então modifica esse composto, transformando-o em protetor solar, o que beneficia a alga e ele próprio”, diz Paul Long, coordenador do projeto.

Segundo os pesquisadores, esse protetor solar protegeria também os peixes que se alimentam do coral. “Se conseguimos determinar exatamente como esse composto é passado para frente, poderemos recriá-lo biossinteticamente em laboratório. Assim, poderíamos criar um protetor solar humano, talvez até no formato de uma pílula”, diz Long.

Fonte: Veja.com

Comments are closed.