Entrar



Um monstro chamado Haiyan (Yolanda) no Pacífico Oeste

quinta-feira, novembro 7th, 2013 by

O super tufão Haiyan se intensificou brutalmente com vento de 305 km/h e rajadas de 370 km/h. No final desta quinta-feira e no começo da sexta atingirá as Filipinas. A tempestade é um dos ciclones tropicais mais intensos já registrados. A força do vento é equivalente a um excepcionalmente forte furacão categoria 5, o máximo da escala deste tipo de fenômeno severo.

Não será surpresa se Haiyan figurar, após reanálises, no alto do ranking dos ciclones tropicais mais fortes já registrados pela Meteorologia até hoje. A tempestade, segundo alguns especialistas, atingiu uma força não vista desde o super tufão Tip de 1979, considerado na literatura o ciclone tropical mais intenso já documentado pela ciência na era dos satélites. Haiyan é mais forte neste momento que ciclones históricos pela sua devastação catastrófica como Katrina, Bopha e Yasia. Sua pressão mínima central, segundo algumas estimativas de hoje a partir de dados de satélite, estaria entre absurdos 870 e 880 hPa.

Haiyan, chamado nas Filipinas de Yolanda pelo serviço meteorológico local, deve provocar extensos e catastróficos danos, inundações e deslizamentos no país. Cerca de 20 tufões atingem o arquipélago filipino anualmente, conforme a climatologia. Em dezembro de 2012, o tufão Bophal causou grande devastação, sobretudo na ilha de Mindanao, com saldo de 1900 mortos.

 

.

TUFÃO É TÃO INTENSO QUE SUPERA A ESCALA | Meteorologistas ao redor do mundo assistem atônitos à intensificação do super tufão Haiyan que atinge ainda hoje as Filipinas. A tempestade caminha a passos largos para se tornar o ciclone tropical mais intenso já documentado na história ou rivalizar com o recordista Tip de 1979. O ciclone Haiyan é tão extremo que sua simetria é quase perfeita nas imagens de satélite com uma aparência de rosca (donut) incrivel. A intensidade estimada por satélite (Dvorak) chega a 8.1, superando o máximo da escala de 8.0. Suas rajadas já são estimadas em 400 km/h ou mais e seu impactos se dará numa parte das Filipinas onde vivem 18 milhoes de pessoas com conseqüências potencialmente catastróficas e devastadoras.
Photo: TUFÃO É TÃO INTENSO QUE SUPERA A ESCALA | Meteorologistas ao redor do mundo assistem atônitos à intensificação do super tufão Haiyan que atinge ainda hoje as Filipinas. A tempestade caminha a passos largos para se tornar o ciclone tropical mais intenso já documentado na história ou rivalizar com o recordista Tip de 1979. O ciclone Haiyan é tão extremo que sua simetria é quase perfeita nas imagens de satélite com uma aparência de rosca (donut) incrivel. A intensidade estimada por satélite (Dvorak) chega a 8.1, superando o máximo da escala de 8.0. Suas rajadas já são estimadas em 400 km/h ou mais e seu impactos se dará numa parte das Filipinas onde vivem 18 milhoes de pessoas com conseqüências potencialmente catastróficas e devastadoras.

 

Por: Luiz Fernando Nachtigall

Fonte:

MetSul

Comments are closed.