Entrar



Nova onda gelada extraordinária na América do Sul

sexta-feira, julho 30th, 2010 by

A sexta-feira começou com chuva forte e temporais, inclusive de granizo, na região central da Argentina. Resultado de um sistema frontal com características quentes que se deslocou de Norte para Sul e que ainda vai resultar em tempo severo isolado durante as próximas horas no Centro da Argentina e no Uruguai (imagem de satélite abaixo da manhã de sexta-feira).

Nas próximas horas, ao ser impulsionado por ar frio, este sistema de instabilidade vai avançar como frente fria para o Norte em direção ao Sul do Brasil, trazendo chuva que pode ser forte e o risco de temporais para o Sul e o Sudoeste do Rio Grande do Sul. A frente avança pelo Estado amanhã (sábado) com chuva em todas as regiões. Pode chover forte em pontos isolados e mesmo o risco de temporais com rajadas de vento e granizo não pode ser afastado. Em Porto Alegre, a instabilidade deve ser maior da tarde para a noite do sábado. No final desta sexta-feira e no começo do sábado podem ocorrer fortes rajadas de vento do quadrante Norte em cidades do Centro para o Norte do Rio Grande do Sul, antecedendo a chegada da frente. O motivo será uma corrente de jato em baixos níveis da atmosfera (projeção de vento em 850 hPa para a madrugada deste sábado abaixo) que transporta ar quente de Norte e manterá a temperatura elevada até a chegada da frente fria, inclusive na madrugada deste sábado.

A MetSul Meteorologia alerta que o sistema frontal será impulsionado por significativa massa de ar polar que irá trazer mais uma onda gelada para parte da América do Sul na próxima semana. O frio na região de Buenos Aires deve ser mais intenso que o anotado na onda de frio histórica da metade de julho, podendo a capital argentina permanecer com temperatura negativa no nível de 850 hPa (1500 metros de altitude) por sete dias seguidos, o que deve resultar em mais problemas energéticos e, lamentavelmente, mais mortes por frio. Pode nevar em pontos da província de Buenos Aires nos próximos dias, sobretudo no Sul e no Leste. O Uruguai deve ser igualmente duramente castigado pelo frio intenso que deve trazer marcas negativas quase generalizadas.Veja a projeção de temperatura em 850 hPa para quarta do modelo Europeu.

Aqui no Estado, a temperatura despenca amanhã e cai ainda mais no domingo que, apesar do sol, deve ter baixa sensação térmica mesmo à tarde em locais à sombra. As madrugadas mais geladas devem ser as de segunda e terça-feira, quando são esperadas marcas negativas e geada na maioria das regiões, inclusive em parte de Porto Alegre. Mesmo as tardes devem ser frias no início da semana. A umidade aumenta no Estado a partir da terça e aí o cenário torna-se interessante demais. Alguns modelos chegam a sugerir chance de neve para terça, quarta, quinta e no começo da sexta, mas, sobretudo, para a tarde e noite de quarta e durante a quinta-feira da próxima semana. Isso porque haveria a formação de um cavado/sistema de baixa pressão junto ao Leste do Sul do Brasil, gerando instabilidade e impulsionando o ar mais gelado da Argentina para cima do território gaúcho. Veja a projeção de temperatura em 850 hPa do modelo Europeu para quinta-feira.

O modelo americano, em algumas de suas saídas, o que pode ter sido extremado, chegou a sugerir neve com acumulação para extensas áreas da Metade Norte gaúcha e ainda para o Sul do Estado e Santa Catarina na próxima quinta-feira. Veja o que modelo indicava ontem, em sua última saída do dia, de neve acumulada no solo e o tipo de precipitação (chuva, gelo e neve) para a quinta-feira da semana que vem.

As previsões de neve somente terão margem de confiabilidade a curto prazo, dada a acentuada discrepância dos modelos, assim é um assunto a ser muito discutido durante a próxima semana, mas desde já vale o alerta para o que é praticamente certo. Teremos na semana que vem uma sequência de dias gelados e de enregelar, uma das mais fortes deste inverno e com intensidade aqui comparável a da segunda semana de julho.

Autor: Eugenio Hackbart
Publicado em 30/07/2010 12:19
Fonte: Blog da Metsul

2 Responses to “Nova onda gelada extraordinária na América do Sul”

  1. Decidedly, this is my original curb absent from in place of your webpage! We¡¯re a group of volunteers and commencing a label fresh ambition in a community in the identical niche. Your weblog offered us profitable evidence to situation on. You have done a out of this world craft!